quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Natal Todo Dia

Roupa Nova

Composição: Mauricio Gaetani Tapajós

Um clima de sonho se espalha no ar
Pessoas se olham com brilho no olhar
A gente já sente chegando o Natal
É tempo de amor, todo mundo é igual

Os velhos amigos irão se abraçar
Os desconhecidos irão se falar
E quem for criança vai olhar pro céu
Fazendo pedido pro velho Noel

Se a gente é capaz de espalhar alegria
Se a gente é capaz de toda essa magia
Eu tenho certeza que a gente podia
Fazer com que fosse Natal todo dia

Se a gente é capaz de espalhar alegria
Se a gente é capaz de toda essa magia
Eu tenho certeza que a gente podia
Fazer com que fosse Natal todo dia

Um jeito mais manso de ser e falar
Mais calma, mais tempo pra gente se dar
Me diz porque só no Natal é assim
Que bom se ele nunca tivesse mais fim

Que o Natal comece no seu coração
Que seja pra todos, sem ter distinção
Um gesto, um sorriso, um abraço, o que for
O melhor presente é sempre o amor



A proximidade do Natal, por pior que seja o momento vivido pelo ser humano, é sempre um eterno refletir. Momento de apreço e de demonstrar amor, solidariedade, compaixão. Se pararmos por um instante e observarmos os gestos e atitudes das pessoas nos dias que se aproximam o final do ano e o natal perceberemos que são diferentes, há mais sorrisos, mais ternura no olhar, mais abraços, mais caridade, mais benevolência.
Seria interessante fazer com que o natal fosse todos os dias como define a música “Natal todo Dia” do Roupa Nova.
Este espirito que aproxima as pessoas fazendo com que sejam mais dóceis, deveria permanecer todos os 365 dias de cada novo ano. Se assim fosse possível, as pessoas estariam em paz, seriam mais felizes e não haveria tantas desgraças neste planeta.
É preciso que cada um de nós tenha consciência do verdadeiro sentido de natal, pois não são os presente, ou as fartas ceias que nos trazem beneficios, mas a capacidade estar bem e fazer o bem a nós mesmos e ao próximo.
Não há nada melhor do que ter a sensação de estar satisfeito, de sentir o coração em paz e de ter em mente bons pensamentos, sabendo que aceitamos as limitações do outro e que também somos aceitos como irmaõs filhos do mesmo ser infinito e supremo que é Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não Deu Certo e Agora?

Reforma Ortografica - Recebido por email desconheço o autor

Nos nossos sete, oito e nove anos tínhamos que fazer aqueles malditos ditados que as professoras se orgulhavam de leccionar. A partir do terceiro erro de cada texto, tínhamos que corrigir 20 e 30 vezes cada erro e que aquecer as mãos para as dar à palmatória. E levávamos reguadas com erros destes: "ação", "ator", "fato" ("facto"), "tato" ("tacto"), "fatura", " reação", etc, etc...

Mas, afinal de onde vem a origem da nossa Língua? Do Latim!! E desta, derivam muitas outras línguas da Europa. Até no Inglês, a maior parte das palavras derivam do latim.

Então, vejam alguns exemplos:

Em Latim

Em Francês

Em Espanhol

Em Inglês

Até em Alemão, reparem:

Velho Português (o que desleixámos)

O novo Português (o importado do Brasil)

Actor

Acteur

Actor

Actor

Akteur

Actor

Ator

Factor

Facteur

Factor

Factor

Faktor

Factor

bFator

Tact

Tacto

Tact

Takt

Tacto

Tato

Reactor

Réacteur

Reactor

Reactor

Reaktor

Reactor

Reator

Sector

Secteur

Sector

Sector

Sektor

Sector

Setor

Protector

Protecteur

Protector

Protector

Protektor

Protector

Protetor

Selection

Seléction

Seleccion

Selection

Selecção

Seleção

Exacte

Exacta

Exact

Exacto

Exato

Except

Excepto

Exceto

Baptismus

Baptême

Baptism

Baptismo

Batismo

Exception

Excepción

Exception

Excepção

Exceção

Optimum

Óptimo

Ótimo

Conclusão: na maior parte dos casos, as consoantes mudas das palavras destas línguas europeias mantiveram-se tal como se escrevia originalmente.

Mais um crime na Cultura Portuguesa e, desta vez, provocada pelos nossos intelectuais da Lingua de Camões.



Natal todo dia- Roupa nova - Edição Lorena Lisboa

Sonho Impossivel

É Urgente Reeducar